Seja bem vindo ao nosso site FC Web TV - fcwebtv.com.br.

FC Web TV
Brasil

O equilíbrio que mantém o desejo: Distância e Intimidade

Publicada em 04/08/20 às 10:17h - 196 visualizações

por Silvia Costa


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: FMC TV)

Todo amor luta para enterrar as fontes de sua precariedade e incerteza, mas, se obtém êxito, logo começa a se enfraquecer e definhar. Zygmunt Bauman


Sempre fui apaixonada pela individualidade. Compreender como uma mesma experiência pode impactar de maneira tão diversa cada pessoa, me fascina! A individualidade é o que nos torna únicos, é o que nos mantém destacados na multidão. Raramente nos damos conta que a soma de todas as nossas pequenas diferenças pode dar uma variação enorme entre nós, e o quanto tudo isso é realmente incrível! Exceto num evento específico da vida: quando amamos. 

Apaixonados, focamos na pessoa como se tivéssemos por detrás do olhar para ela um lupa e um foco de luz, na nossa mente ela está soberana e brilhante em relação a todas as outras pessoas do mundo. Ninguém tem tanto destaque. A gente suspira falando sobre o quanto ela é diferente, perfeita, linda… uma pessoa como nenhuma outra! Essa é a parte do amor que adora a alteridade. Mas ele tem outro lado.

A gente também quer saber absolutamente tudo sobre a pessoa. Assumimos compromisso e temos mais contato com sua vida, história e família… mas, de repente, a história da pessoa amada, com todos os seus amores e decepções anteriores se transformam num problema a ser calado! Os pais dela podem não ser bons suficientes… sem falar nos amigos! E todos aqueles detalhes formadores da singularidade desejada antes, parecem agora um perigo. A gente tenta despedaçar o outro, fazer dele algo só nosso, com uma narrativa de personagens reciclados e reposicionados à nossa maneira. 

Nosso grande equívoco é achar que intimidade é colonizar o outro, exercer dominação e propriedade. Esse é o motivo pelo qual os casais se ressentem tanto com conversas francas e claras, quando descobrem (como se não fosse natural) que se masturbam ou consomem erotismo sozinhos, que se divertem com outras pessoas, que são capazes de ser felizes um sem o outro!

Não. Intimidade é poder compartilhar com paz de espírito diante de nós mesmos e do outro nossas incertezas, dificuldades, erros e desejos… quem somos. É ter espaço para alteridade, ainda que estejamos nus. É permitir ao outro seu espaço e seu tempo e se permitir olhar mais uma vez, e outra mais, e quanto mais pudermos, esse ser no meio da multidão. E se ele puder ser apenas ele, talvez a gente possa vê-lo lá, tão interessante e diferente, que nosso desejo de trazê-lo para perto, reacenda.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Site FC Web TV
Visitas: 310746   Usuários Online: 15
Nosso Whatsapp 018 99814 3871
Copyright (c) 2024 - FC Web TV - Você se liga aqui

Seja bem vindo ao nosso site FC Web TV - fcwebtv.com.br!

Converse conosco pelo Whatsapp!